domingo, 22 de julho de 2007


Quero correr, pular, cantar, dançar...
Quero vida, quero amor
Quero olhar pra mim com admiração
Quero me permitir sorrir sem motivo
Cantar sem música
Dançar fora do ritmo
Quero não ter que olhar com desconfiança
Quero não ter que ter medo de quem se ama
Quero não precisar controlar passos
Quero não me sentir insegura
Quero apenas viver
Um dia após o outro
Como quem está prestes a morrer
Mas o que estou matando é a tristeza em mim
Tenho sede de felicidade
Me sinto num deserto ha tempos sem água
Agora vejo nos cactos a possibilidade de me saciar
Começo a enxergar caminhos
A ver estrelas brilhando pra mim
A luz se mostra com outros nomes
Vejo outras cores
Sinto outros sabores
É hora de experimentar
Reconhecer o doce sabor de viver
E viver feliz...

2 comentários:

anjoazul poesias e cia disse...

"A luz se mostra com outros nomes
Vejo outras cores
Sinto outros sabores
É hora de experimentar
Reconhecer o doce sabor de viver
E viver feliz..."

É o arco íris da vida!
O nome do seu blog é altamente sugetivo e tentador:"um olhar para dentro", coisa que devemos fazer todos os dias!

Bom D+ ler seus posts!

Posso linkar você no meu blog?

bjocas!

Graciela Lize disse...

Nossa q show!!
Amei!Original, verdadeiro, diferente, lindo de mais!

Ganhou mais uma leitora!
beijos mil

Já está linkada...