sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

O novo...
Algo me diz que em certos momentos devemos esquecer tudo que aprendemos e almejamos e que, por algum motivo não está dando certo.

Buscar o novo e de novo pode ser uma ótima solução. Quando nos desprendemos da obrigação de realizar algo, podemos ver outros pontos de ação para o realizarmos. Isso pode ser nas relações amorosas, profissionais ou de amizade.
A vida é feita de focos... mas, às vezes focamos em coisas ou pessoas que não são exatamente para nós, mas não nos damos conta.
Sabe aquela história de "Deus escreve certo por linhas tortas"?
Ela pode ser a mais pura verdade quando conseguimos parar para analisar sobre outros aspectos.
É complicado abrir mão de um sonho, de um amor, de um emprego... a gente sofre, chora, fica desiludido... mas abrir mão não quer dizer esquecer... apenas não lutar contra algo que está além de nossas forças.
Da mesma forma que uma "coisa" nos é tirada, nos é dado tanto mais quanto conseguimos enxergar além do nosso sofrimento.
Tem horas que a única coisa que precisamos fazer é ser feliz com o fato de estarmos vivos e com a oportunidade de mudarmos todo o nosso destino.
Uma coisa não deu certo? Ah... vamos em busca de novas e novas...
O novo assusta, mas é encantador!
Conselho que tenho me dado e se alguém que tiver passando por algo conhecido quiser aceitar: Carpe Diem...
Vivamos! Sem pré-ocupações de tentar entender o que falhou e sem medo de encarar o que de bom nos está sendo dado.
A vida é isso... um grande presente, que devemos desembrulhar todos os dias, a cada nascer do sol.
Agradecer o fato de a cada novo dia, podermos simplesmente... recomeçar!

9 comentários:

Oliver Pickwick disse...

Uau... you're looking good! Ei, garota, gostei muito desse seu artigo/crônica sobre recomeço. Aprecio as pessoas otimistas, elas são mais leves, e enquanto caminham, parecem flutuar; como deve ser o seu caso. Keep the beat, carpe diem!
A propósito, tenho um site na net, onde adiciono algumas composições de jazz instrumental de minha autoria. E, tem uma música lá, justamente chamada Carpe Diem. Se quiser visitá-lo, tem um link no meu blog, contudo, se quiser acessá-lo diretamente, clique no link:

http://www.myspace.com/guilhermexavier

Um beijo, carpe diem, e tenha o melhor dos fim de semanas!

CeiSa disse...

Ai como eu queria ser assim... "Não deu certo... Bola pra frente!
Quando não dá certo... eu tento atéeee conseguir!

Sei lá... nem sempre isso é bom!


Beijos!

Erika disse...

carpe diem, lindona... é assim que deve ser todo dia mesmo.

a vida é coisa boa de viver.

beijos

www.oncoto.erikamurari.com.br

mente fantasia disse...

Passando pra deixar beijosssssssssssssssssssssss

Ingrith disse...

Recomeçar, sempre!!!

O DiaCrônico disse...

Carol,
uma amiga minha chama isso de acionar o botãozinho do "foda-se".
Ah, não deu certo? então...
Diz que vive bem melhor assim.

Há braços

Eduardo

R Lima disse...

O recomeço é sempre estimulante... sempre, mesmo quando o entorpecer nos aflige.

Bjs,



Texto de hoje: VeREdA...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Alice disse...

Ey,estou passando pra avisar que o sorteio
do amigo oculto já foi feito e eu já te enviei o e-mail,
informando quem vc tirou!
Caso não esteja na Caixa de Entrada verifique no
Lixo Eletrônico [ hotmail], Spam [ gmail] ou Em Massa [ yahoo ].
Por favor,leia atentamente ao post do dia 12/12 no blog,
http://amigocultovirtual2007.blogspot.com.
Não esqueçam que a Revelação é Domingo dia 16/12.
Qualquer dúvida email-me!

Obrigada por participar.

.*

Tah disse...

ahhh eu aprendi a ser assim, a agir assim!
Beijossss

*vim aqui pelo blog do amigo oculto virtual