quarta-feira, 7 de novembro de 2007


Porque às vezes é preciso que um sonho morra para outros nascerem...

7 comentários:

Ingrith disse...

Concordo plenamente!

Anne disse...

Impreeeessionante como uma frase só diz tudo!!!
Deixei todos os antigos morrerem, mas já brotaram vários no lugar daqueles q nao vingaram. E com vc não vai ser diferente, pq vc é um doce e merece uma vida sempre colorida!!!
Bjos, lindona...tudo de bom pra vc!

Mila disse...

Putz... esta é daquelas verdades que batem e derrubam a gente no chão... pq a gente se apega até aquilo que ainda nem tem... pois é... nada como um dia depois do outro..
Beijos Mila

Erika disse...

é por ai, bonitona.

beijos

Eduardo Mesquita disse...

Carol,

sublinho "às vezes".

Há braços

Eduardo

Graciela Lize disse...

Aí me fez pensar e voltar no tempo por alguns segundos...
Seria bom s epudessemos ter o controle de todas as coisas, se soubessemos exatemente o que o amanhã nos reserva, ma snão é assim.

Continuo a dizer que o tempo é o senhor dos desejos.
beijossssssssss

Osc@r Luiz disse...

O universo todo é um rearranjo de átomos. Cada vez que algo se vai, seus átomos migram para alguma outra coisa.
Por que os sonhos não seriam diferentes?
Tem toda razão!
E se considerarmos a evolução, a cada renovação há o aperfeiçoamento...
Então aproveite o seu novo sonho!
Ele é melhor do que o anterior.
Beijo!
Saudade!