sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Por que ele não liga? (Vale a pena ler meninas rsss)

Atenção, meninas: Esse texto irá mudar nossas vidas para sempre. Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta.

Agora, atenção, meninos: sinto muito em estragar os seus disfarces. Mas já estava na hora de alguém trair o segredo. E, sinto muito, não fui eu, mas um de vocês. Feitas as devidas considerações, vamos lá.

Responda rápido: Você saiu com a criatura, deu o seu número de telefone (depois de muita insistência dele, claro) e agora espera (espera, espera, espera ...) por uma ligação do cara. Cancela todos os programas e viagens com as amigas para o próximo final de semana – ou, se for um pouco mais esperta, pelo menos deixa em aberto? Vai para a academia e deixa o celular pendurado na bicicleta, em cima da toalha bem ao lado da borda da piscina – droga, porque não inventaram um celular à prova d’água? – e fica checando o sinal e a bateria a cada 5 minutos só para garantir que está tudo funcionando. E ainda assim, o telefone não toca... Já brigou com a sua mãe (irmã/irmão/pai/cachorro) porque ela ficou uma ‘eternidade’ no telefone? E na verdade eram só cinco minutinhos? Se tudo isso já aconteceu com você enquanto esperava um homem ligar, parabéns, você é uma mulher moderna. Somos mulheres modernas. Temos nossa profissão, fazemos faculdades, pós-graduação, viajamos sozinhas pelo mundo afora. Somos donas do nosso nariz. Mas não coloque na mesma equação um homem e um telefone. Daí toda e qualquer revolução sexual vai por água abaixo. A grande questão que assola as mentes femininas desde que fomos capazes de sair de casa para namorarmos independentemente, sem ter que pedir a aprovação dos pais – por que ele não liga?

Quantos artigos você já não leu nas revistas femininas tegiversando sobre os bloqueios sentimentais dos homens, o medo do compromisso, a dificuldade de comunicar as emoções da mesma maneira que nós? Tudo mentira!

Está pronta para a verdade? Ele não está a fim de você!

E quem garante isso é Greg Behrendt, humorista, redator da série Sex and The City e autor do livro "Ele Simplesmente não está a fim de você".

Numa das últimas temporadas da série, Carrie (Sarah Jessica Parker) apresenta seu novo namorado, Jack Berger, para as amigas. Enquanto Miranda (Cinthia Nixon) descreve o encontro com um corretor da bolsa de valores que foi super legal, mas ele ainda não ligou, as amigas desfiam o rosário já conhecido por nós:

- ele não deve gostar de telefone;
- ele não conseguiu te achar ainda e não gosta de deixar recados na secretária eletrônica;
- ele pode ter deixado um recado com alguém no escritório e esqueceram de te dizer;
- ele pode ter perdido o seu número;
- ele está muito ocupado com o trabalho, a faculdade, a pós-graduação, a mãe que está doente, a irmã com problemas no casamento...

Nesse momento, elas perguntam a Jack qual a opinião dele, o único espécime masculino da mesa. E ele diz, com todas as letras... ele não está a fim de você. Jack ainda nos dá uma aula de como funciona a mente masculina. Se ele gostar de você, vai querer vê-la de novo, vai ligar no dia seguinte, vai manter contato.Confira um trecho do livro: "Podemos tentar fazer você pensar que somos diferentes, mas nós, homens, somos iguaizinhos a vocês, mulheres. Gostamos de fazer um intervalo no nosso dia, em geral sem graça, para conversar com alguém de quem gostamos. Ficamos felizes com isso. E gostamos de ficar felizes. Exatamente como vocês. Se eu estivesse a fim de você, falar contigo seria uma bênção nesse meu dia infernal. E exatamente nesse dia, eu nunca estaria ocupado demais para ligar para você.

Outros toques de Greg: Ele simplesmente não está a fim de você ...

· se não a convida para sair;
· se não telefona para você;
· se não quer namorar com você;
· se não faz sexo com você;
· se faz sexo com outra pessoa;
· se só quer vê-la quando está de porre;
· se não quer casar com você;
· se está te dando um pé na bunda;
· se desapareceu sem deixar sinal de vida;
· se é casado ( e outras variações loucas de indisponibilidade);
· se é um babaca egoísta, um brigão chato, ou um doido de pedra.

Depois de toda essa revelação, você se pergunta: o que fazer? Na opinião dessa modesta colunista, nada. Aproveite a vida. E na próxima vez que alguém te disser: "Eu te ligo", você simplesmente sorri, e procura o próximo alvo!

* Esse texto não é meu e quando recebi também estava sem crédito, por isso não o dei... mas achei ótimo!!! Agora estou assim... E como diz a música da Mariza Monte "Um dia eu vou estar à toa e você vai estar na mira... ", enquanto isso... vou com o Gonzaguinha... "viver e não ter a vergonha de ser feliz, cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz...". Beijos estalados na pontinha do nariz e um ótimo final de semana!

4 comentários:

Erika disse...

hehehe.. muito boa, kirida.

beijos

Eduardo Mesquita disse...

Aaaaaahhhhhh.... era segredo?
O Greg só falou o que todo mundo sabe: não ligou não tá afim. Ponto.
E isso vale para ambos os sexos.
Uma pessoa não pode ficar se enganando e responsabilizar outra por isso.

Há braços,

Eduardo

ANDRÉIA disse...

rsrsrs muito bom!!!!

Passei pra deixar um carinho e acabei me divertindo!!!

Beijos e ótimo FDS!!!!!

Ingrith disse...

Esse texto é otimo... alias eu li o livro inteirinho e aprendi a lição!

Bjs