terça-feira, 13 de novembro de 2007

No caminho buzinas, pessoas xingando, muitos carros parados e a chuva que não dá uma trégua. Resolvi fechar o vidro e me trancar num mundo particular.

Aumentei o rádio... O som da realidade paralela ficou bem melhor.

Me peguei admirando flores, árvores, encostas, a nuvem carregada no céu e outras coisas que no dia-a-dia para o trabalho nem tenho tempo de ver.

Puxei o espelho e fui me reparar... olhos, boca, jeito... nada de anormal se não fosse um momento tão raro.

Parei pra pensar e repensar valores e atitudes... caminhos... alternativas e cheguei a conclusão de que preciso de mais engarrafamentos como esse para prestar atenção na vida que segue sem ao menos eu me dar conta.

Hoje percebi... as coisas simples me dão tanto prazer... então, é o que vou buscar agora.

E pra começar... alguém viu o sol por ai? Ele é minha fonte de energia e alegria... minha inspiração para abrir a janela da alma, sair da cama da mesmice e andar pela vida.

13 comentários:

Pensamentos Ocultos disse...

Temos de arranjar um tempinho para nós(..) Para a nossa imagem, para observarmos o Mundo com outros olhos(..)

Beijinhos.

Batom Cor de Rosa disse...

de vez em quando é bom parar, e pensar nas coisas a sua volta..
beijos

Sailing disse...

Obrigado pelas tuas palavras no meu Mar de Sonhos.

O amor existe, basta acreditar nele. Uma chama que se acende, um momento que fica, uma palavra que se solta e aquece o nosso coração.

Bjs e volta sempre

Rogério Felício disse...

As coisas mais simples são sempre as mais belas...e as vezes as mais belas coisas da vida estão ao nosso redor e nem percebemos...tudo por força da nossa correria do dia a dia!
Bjs!!!

Edson Marques disse...

Carol,

que coincidência eu ter falado ontem de outra Carol.

Gosti do teu texto de hoje. Viver o simples com alegria profunda. Quem consegue isso, vive mais, e melhor!


Só quem salta inteiro e livre no belo azul brilhante da vida é que pode viver de verdade!


Abraços, flores, estrelas..

Erika disse...

sol? ele tá sempre lá.. pode vir uma nuvem, mas ele sempre brilha depois ;)

beijos kirida

Anne disse...

Tb adooooro dias de sol, já acordo bem mais inspirada qdo ele brilha na minha janela...

Engarrafamento deve ser complicado, mas vc fez um ótimo uso dele...rs

Bjokas, querida, deixe presente pra vc lá no chá. Pega lá qdo puder... =]

.linny disse...

uhhhhhhhhh, parabens pelo blog..

pensa e dê a volta por cima.

DelfimPeixoto disse...

É bom receber você e ler o que você trás consigo... essa meditação é imprtante. Temos de nos dar tempo para podermos conhecer-nos.... para podermos conhecer os outros
Beijos salgados

Ingrith disse...

Esses dias tava chovendo e ai passei por um lugar que passo todo santo dia e vi uma escultura que nunca tinha visto antes... Adoro o sol tb!

Bja

Girassol disse...

Realidades paralelas fazem-nos bem. Permitem-nos desligar a ficha por uns instantes e pensar em todas as coisas que habitualmente passam despercebidas.
Engarrafamentos e filas de trânsito têm sempre esse efeito em mim.. e é bom! Uma paragem obrigatória, mas fundamental.

Beijos.

Luara disse...

Boa pergunta, tbm procuro pelo danado do Sol. Se eu achar eu te mando um pouco, se vc achar por favor, me mande tbm!
Não aguento mais este tempo...
Beijos!

BRUNO LEONARDO disse...

oi,linda
Eu juro que já havia comentado este post??KD?
Lindaaaa....continue se cuidando..
bjs