terça-feira, 24 de julho de 2007

Se essa maçã tem veneno... não vai me matar!!!


Eis que uma nuvem tenta tirar-me o sol
Por que se lá fora está tudo tão azul?
Por que o tempo tem que mudar?
Por que a chuva não pode simplesmente lavar a alma?
Por que o cinza quer prevalecer?
Não posso permitir...
Há um arco-iris de emoções a minha espera
Tantas cores querem brilhar para mim
Cinza, você não combina com o meu modelito
Não combina com nenhuma das minhas roupas novas
Tampouco combina com meus saltos e perfumes
Não tem haver com essa vida sem maquiagem
Sua falta de cor não vai me atrapalhar novamente
Então abro o leque
E vejo vermelhos, azuis, verdes, amarelos, laranjas...
Todas cores vibrantes
Tal qual o raio de sol na minha janela
Tal qual a grama verdinha do quintal dos áureos tempos
Tal qual o céu sem nuvens
Tal qual meu olhar
Tal qual as flores no jardim
Tal qual um coração pedindo pra pulsar
Então percebo que a vida não pode perder tantas cores por uma única
Ela que vá rodear outro lugar
Ela que vá atrás do seu arco-íris
Porque o pote de ouro já tem dona
A dona da nova história
Uma história ainda sem final, mas feliz!!!

5 comentários:

Eduardo Souza disse...

Até que enfim comentei no seu blog......até que enfim resolvi me mexer... até que enfim estou mais feliz por ter conhecido vc...

Mabel disse...

"...vc é linda, mais que de mais, vc é linda sim, onda do mar..."

É linda, por dentro e por fora!

beijos

Vivendo deixando a vida me levar... disse...

Olá querida!!!
como está??!!?!!?Sinto uma ponta de melancolia nos seus textos, que aliás são muito bem escritos!!
Espero que seja somente impressão minha... e que esteja muito feliz!!

Vi seu comentário no meu blog... vim te conhecer!!! Adorei seu espaço tb, que ro voltar sempre!!

E vc, seja muito bem-vinda na minha "casa"!!!
bjusss
=^.^=

ana lemos disse...

vai viver Carol. vai viver!

Guto Rocha disse...

"Arco-íris de emoções"
Lindo Caluzinha...
Beijos!!!